Casamentos e Timings

©2017 by Elize. Proudly created with Wix.com

© COPYRIGHT 2017 Elize Bonheur - ALL RIGHTS  RESERVED

  • Carla Manuel

Casamentos e Timings

Updated: Jan 23

Há algum tempo que não escrevo aqui, não porque não queria mas porque não me estava a sentir inspirada. Eu tento ao máximo publicar artigos que valha a pena ler e isso é um grande desafio. Mas após meses e meses de procrastinação cheguei a conclusão que "feito é melhor que perfeito", o que para mim significa que o mais importante é darmos o nosso melhor mesmo que o resultado não seja o desejado, pelo menos estarás a provar a ti própria/o que consegues. Não existe o momento perfeito para fazer algo, o nosso cérebro vai sempre encontrar motivos para não seguir em frente com os nossos planos/projetos/desejos, então mais vale avançar mesmo sentindo alguma insegurança e ir melhorando com o tempo, falhar é o melhor professor que a vida nos dá.




E isto traz-me ao tema de timings, qual é a altura certa para realizar determinadas coisas na nossa vida? Eu tenho 32 anos e existem muitas coisas que eu queria já ter atingido com esta idade uma delas sendo casar. Porquê este tema específico? Porque este Verão fui à dois casamentos e num deles fui dama-de-honor, diverti-me imenso nos dois casamentos mas infelizmente senti-me também muito melancólica.


Tenho alguns objectivos que quero realizar antes de dar este passo, não o quero fazer pelas razões erradas(ex: porque todo o mundo está a fazê-lo!) . Mas quando vejo pessoas próximas a casar e a ter filhos dá-me a impressão de que todos estão a compor as suas vidas e a fazer tudo como deve ser e não consigo evitar sentir- me como se fosse diferente dos outros. De acordo com a sociedade quando casas e tens filhos atingiste o sucesso na vida (principalmente as mulheres), uma mulher é mais aplaudida quando começa uma família do que quando atinge sucesso profissional e isso põe-nos muita pressão para encontrar alguém e seguir o guião, ou seja ser "normal"! Além do facto de que isto faz-nos mal à auto-estima porque começamos a perguntar-nos: " Mas o que é que se passa comigo?" "Porquê é que a minha vida não corre como a dos outros?"

Mas a verdade é que não existe nada de errado comigo, nem com ninguém na mesma situação que eu, estou a aprender que não é suposto sermos iguais uns aos outros, isto porque temos timings e prioridades diferentes. Há determinados objectivos que só estou a conseguir atingir agora e sinto que dou mais valor a essas experiências porque estou mais madura.





Não é lógico querer que as pessoas atinjam determinadas coisas nos prazos impostos pela sociedade porque somos todos tão diferentes. Mas apesar de perceber a lógica disso ainda fico irritada quando alguém me pergunta: "então quando é que te casas?".

Mas pouco a pouco estou a aprender à não me pressionar e deixar as coisas acontecerem naturalmente. Eu vou receber as coisas que quero na altura certa e não quando eu acho que tenho que receber e tenho a certeza que na altura vai fazer todo o sentido.


Adoraria ter a tua opinião sobre este tema, não hesites em deixar-me um comentário :)


Bisous

Elize




#casamentos #timing #pressao #solteira # normal