• Carla Manuel

Como Encontrar O Teu Estilo

Updated: Jan 24, 2018

Estilo é algo muito pessoal, li algures que a forma como te vestes apresenta-te mesmo antes de falares e eu concordo com esta afirmação porque mesmo sem nos apercebermos nós julgamos as pessoas pela sua aparência. Uma pessoa contou-me uma vez uma situação em que confundiu um homem de posses com um mendigo devido a sua aparência descuidada, logo por aí podemos concluir que ter um bom ou mau aspecto não é sinónimo de ser se rico ou pobre. A forma como uma pessoa decide vestir-se é um reflexo da imagem que está tem de si, mesmo que ela não esteja consciente disso.

Eu sempre quis vestir-me bem mas infelizmente sempre tive problemas em atingir o estilo que eu queria, os meus looks ou eram muito bons ou muito maus! E eu inventava um monte de desculpas para justificar essa incapacidade de alcançar o estilo "perfeito", como por exemplo: essas raparigas que vestem-se muito bem geralmente usam roupas muito caras, eu não vou conseguir ter um estilo igual porque não ganho o suficiente para comprar essas roupas; preciso de ter muita roupa para poder ter um bom estilo; vou comprar esta peça que está em saldos, mesmo que não combine com nada que eu tenho em casa, é tão gira (e barata) e de certeza que vou conseguir usá-la.

Tive este comportamento durante muitos anos, comprava peças que não me serviam, que não me ficavam lá muito bem e que não conseguia combinar com nada que tinha no meu guarda-fato. Gastei muito tempo e dinheiro a comprar peças que não eram certas para mim.

Um dia cansei-me desse comportamento e decidi definir objectivos, trabalho diariamente no meu estilo e estou a sair aos poucos da minha zona de conforto e a usar peças que reflectem o estilo que eu quero ter. Decidi comprar livros sobre estilo pessoal e como ter sempre um aspecto cuidado e eis o que aprendi até agora:


- É importante descobrir qual é o teu estilo, quais são as peças com as quais te identificas e que ficam-te bem. O pinterest ajuda bastante nesse sentido porque pode criar-se pastas com as nossas preferências, assim é mais fácil ver o que é que nos chama a tua atenção.


-Qualidade é melhor que quantidade, não é necessário comprar tudo o que está na moda para teres um bom aspecto, a não ser que realmente gostes da(s) peça(s). Só precisamos de algumas peças de boa qualidade que possam ser combinadas de formas diferentes, que durem anos e que reflictam a imagem que queremos.


- Qualidade não é sempre sinónimo de caro, existem formas de descobrir se a roupa que tu queres comprar tem boa qualidade ou não.


- Roupas que assentam bem na tua figura são um dos "segredos" para ter se sempre um bom look. É importante conhecer um bom costureiro!


- Os saldos só são bons quando compramos algo que realmente precisámos, é importante ser racional e não emotivo quando vai-se as compras durante os saldos (isto ainda é um grande desafio para mim)

- Ter um guarda-fato com peças que reflictam o estilo que tu queres é um longo processo, não vale a pena apressar-lo o ideal é torna-lo divertido.


Estas são algumas das coisas que aprendi mas vou continuar a ler, a experimentar e a evoluir até atingir o estilo que quero.


Fiz um mini lookbook que reflecte o meu estilo neste momento, que tem como foco uma mala pelo qual estou apaixonada há meses. É tão prática e sofisticada, e fico entusiasmada quando penso nas várias formas em que a posso combinar com a minha roupa, abaixo algumas ideias que tive:




Vestido - Zara

Casaco - New Yorker

Ténis - Bershka

Blaser - Mango

Calças - Bershka

Botas - Stradivarius

Camisola - Zara

Pull e Saia - Bershka

Botas - Zara

Camisa e Colete - Zara

Calças - Mango

Sapatos - Etam


Qual foi o estilo que mais gostaste? Diz me nos comentários :)

©2017 by Elize. Proudly created with Wix.com

© COPYRIGHT 2017 Elize Bonheur - ALL RIGHTS  RESERVED