Diversidade na Indústria de Cosméticos
  • Carla Manuel

Diversidade na Indústria de Cosméticos

Updated: Apr 15, 2018



A primeira vez que usei maquilhagem tinha 20 ou 21 anos, fui maquilhada numa loja da MAC Cosmetics no Centro Comercial Colombo em Lisboa. Lembro me que gostei muito do resultado final, a impressão que tive é que parecia uma boneca, senti-me muito bonita. Decidi começar a usar maquilhagem na altura porque achei que me daria um aspecto mais profissional numa entrevista de emprego, então comprei a base em pó compacta da Studio Fix na cor NW50. Comprei esta mesma base várias vezes ao longo dos anos porque não conhecia outras opções. Eu conhecia a MAC e a Bobbi Brown como lojas de costméticos que vendiam produtos para mulheres negras e sei que com certeza haviam outras marcas mas eu não as conhecia, por isso a MAC tornou-se a minha marca de maquilhagem preferida. Apesar dos produtos não serem baratos eu fazia o esforço de comprar lá os meus produtos porque era uma marca de boa qualidade conhecida por ter produtos para vários tons de pele. Eu mal ouvia falar na Bobbi Brown na altura por isso não era uma marca que me chamasse a atenção. Conhecia a Maybeline e a L'Oreal devido aos seus vernizes e batons mas as bases eram muito claras para mim. O que estou a tentar dizer é que na altura não havia sequer publicidades que me mostrassem que haviam produtos disponíveis para o meu tom de pele,os produtos para tons de pele mais escuro eram difíceis de encontrar . Passados dez anos desde a minha primeira experiência com maquilhagem muita coisa mudou e felizmente as marcas em geral fazem um maior esforço para ser mais inclusivas, apesar de ainda termos alguns problemas. As bases para pele mais escura sempre existiram, há marcas que as fabricam há anos mas infelizmente ainda há um grande problema em aceder a essas bases, elas não estão tão disponíveis como as bases mais claras e eu acho estranho nos dias de hoje, especialmente em França onde existe tanta diversidade. Estou consciente que a indústria cosmética ainda tem um longo caminho a percorrer no que diz respeito a inclusão mas prefiro manter uma atitude positiva, as marcas começaram a aperceber-se que as mulheres negras compram maquilhagem de forma consistente e elas estão a adaptar-se a nós. Por isso decidi concentrar-me nas marcas que criam produtos para o meu tom de pele, no meu ponto de vista é inútil tentar obrigar determinadas marcas a diversificar os seus produtos, hoje em dia já existem muitas opções. Sei que para termos as opções que temos hoje um grupo de pessoas teve que mostrar descontentamento e reclamar vezes e vezes sem conta até alguém ouvir, por isso considero importante impormo-nos mas também acho importante saber quando deixar as coisas seguirem o seu rumo natural.


Incluí algumas marcas que conheço que têm produtos para mulheres com pele escura como referência:


- Bobbi Brown

- Benefit

- Éstee Lauder

- MAC

- Lâncome

- L'Oreal

- Maybelline

- Revlon



Cruelty Free (não fazem testes em animais):


- Anastasia Beverly Hills

- Becca Cosmetics

- Fenty Beauty

- Kat Vond D

- Marc Jacobs

- NYX

- Too Faced

- Sleek Cosmetics

- Urban Decay



E tu? Alguma vez tiveste problemas em encontrar maquilhagem para o teu tom de pele?

©2017 by Elize. Proudly created with Wix.com

© COPYRIGHT 2017 Elize Bonheur - ALL RIGHTS  RESERVED